Acordo Ortográfico: só o Brasil o discute - Acordo Ortográfico - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Português na 1.ª pessoa Acordo Ortográfico Artigo
Acordo Ortográfico:
só o Brasil o discute

Com este título de capa, publicou  o semanário Courrier Internacional (edição portuguesa), de 28 de Setembro de 2007, um extenso dossiê de textos de diversa proveniência sobre o Acordo Ortográfico: «Dezassete anos depois de ter sido assinado, o Acordo continua letra morta. E Portugal parece arrependido de o ter subscrito.»

Aqui ficam esses textos, com os devidos agradecimentos ao Courrier Internacional, assim como às demais publicações de onde eles foram transcritos.

Letra morta

Reforma absurda

A riqueza da língua

Portugal pode atrasar reforma

Deve-se esperar por Lisboa

Preguiça cética

A língua não é a Gisele Bündchen

“Netspeak’, revolução sem gramática

O autoclismo da privada

Acordo, mas já desunidos?

Electrónica vai facilitar

 Cf. – 10 anos da reforma ortográfica no Brasil

Sobre o autor

Courrier Internacional é uma revista lançada em 2008 pela Impresa. Apresenta uma seleção dos melhores textos jornalísticos publicados na imprensa estrangeira.