Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Substantivos epicenos

Os substantivos:
   A formiga, a jibóia – epiceno ou feminino?
   O jacaré, o tatu – epiceno ou masculino?

Marcio Brasil 19K

Denominam-se substantivos epicenos os nomes de animais que só têm uma forma (masculina ou feminina, não interessa – trata-se apenas de género gramatical) para designar um e outro sexo. Formiga, jibóia, jacaré e tatu são exemplos de substantivos epicenos. Outros exemplos: águia, baleia, borboleta, cobra, corvo, mosca, pulga, rouxinol, sardinha, tigre.
   A designação é "substantivo epiceno", apenas.
   Quando se pretende distinguir o sexo, junta-se ao substantivo as palavras macho ou fêmea, consoante o caso: o rouxinol macho, o rouxinol fêmea; a cobra macho, a cobra fêmea.

Maria Regina Rocha