Sobre a abreviatura Obs. - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Sobre a abreviatura Obs.

O ponto utilizado na abreviatura de uma palavra é dispensado quando a palavra abreviada termina uma frase, servindo o ponto final da frase para abreviar essa mesma palavra. Em resposta a pergunta anterior, ficou claro que o mesmo não se passa se a frase terminar com um outro sinal de pontuação diferente. No entanto, é comum ver-se o uso da abreviatura de "observações" normalmente seguida de dois pontos, sem o ponto da abreviatura da palavra [Obs:]. Isto é aceitável?

Franqueira Neto jornalista Macau, Macau 717

Em primeiro lugar, vamos esclarecer que o ponto faz parte da abreviatura duma palavra, significando que no signo usado para o conceito faltam elementos. O que se convencionou foi que ponto a seguir a ponto, no fim de um período, é uma redundância, e suprime-se um deles. Contudo, nesse caso, não é o ponto da abreviatura que é dispensado, pois o seu sentido é indispensável na abreviatura; o que se passa é que esse ponto da abreviatura fica com a dupla missão de representar também o ponto final.

Assim, não é legítimo dispensar o ponto habitual duma abreviatura quando seguido de outro sinal de pontuação. A abreviatura de observação convencionada é obs., logo, deve escrever-se Obs.: não Obs:.

O critério é o mesmo quanto à abreviatura de ordinais. Deve escrever-se 1.º, 2.º, etc. e não , , pois haveria ambiguidade na representação (ordinal, grau, ou potência zero?). Os pontos, neste caso, têm o significado de converterem os algarismos, com os respetivos sobrescritos, num signo que substitui as palavras primeiro, segundo, etc., e repare-se que os efeitos que se convencionam para o ponto não dependem da sua posição: nos ordinais não podia ficar depois do sobrescrito.

Ao seu dispor,

D´Silvas Filho
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: substantivo
Áreas Linguísticas: Morfologia; Ortografia/Pontuação Campos Linguísticos: Pontuação; Abreviaturas