Provérbios e figuras de estilo - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Provérbios e figuras de estilo

   Podemos classificar os provérbios como uma das figuras de linguagem? Seriam metáforas?

Joana Miranda Brasil 8K

   Os provérbios quase sempre contêm figuras de estilo. O que não significa que eles sejam em si figuras de estilo. As figuras de estilo são ornamentos da Língua, e o seu emprego, em princípio, desvia-se da linguagem corrente, para assentar na linguagem literária. Os provérbios, pelo contrário, fazem parte da linguagem corrente: são sentenças, orientações de carácter moral, transmitidas numa linguagem familiar que pode conter, por exemplo, metáforas como a do pão do provérbio: «Casa onde não há pão, todos ralham e ninguém tem razão».

Teresa Álvares