Os gentílicos de Penome Pene e de Hanói - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Os gentílicos de Penome Pene e de Hanói

Gostaria de saber qual o gentílico para a capital do Camboja, Phnom Penh, e para a capital do Vietnã, Hanói.

Desde já, agradeço.

Douglas Rafael França Cameschi Advogado Campo Grande, Brasil 43

Não existem formas com uso frequente ou estabilizado, mas, teoricamente, os gentílicos em questão poderão ter as formas penome-penense e hanoiense, que ainda não encontraram registo nem em dicionários nem em vocabulários ortográficos. Nestes casos, não querendo arriscar neologismos, podem empregar-se em alternativa as perífrases «os habitantes/naturais de Pnom Pene/Hanói».

Convém esclarecer que, para o nome da capital do Camboja, mais conhecido na sua forma internacional Phnom Penh, o Vocabulário Toponímico do Vocabulário Ortográfico Comum (Instituto Internacional da Língua Portuguesa), fixa a forma Penome Pene. Outros aportuguesamentos estão disponíveis: o Código de Redação do português na União Europeia estabelece a forma portuguesa Pnom Pene; também se encontra outra adaptação,mais antiga, proposta pelo Dicionário Enciclopédico Lello (1977) – Pnom Penh.

Acrescente-se que o país cuja capital é a cidade de Hanói tem, em português, duas formas: Vietnã, empregada no Brasil; e Vietname, característica de Portugal e outros países de língua portuguesa.

Carlos Rocha
Tema: Topónimos Classe de Palavras: substantivo
Áreas Linguísticas: Léxico