Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Chalé e a sua etimologia

Qual o processo de formação de palavras de "chalé"?

Obrigada.

Lurdes Augusto Professora Lisboa, Portugal 524

Trata-se de um caso de empréstimo, e não de um derivado nem um composto. A forma chalé é o aportuguesamento fonético e gráfico do francês chalet, «casa campestre suíça, esp. da região alpina, feita de madeiras, com telhado de pouco caimento e beirais avançados» e «habitação cuja forma lembra ou imita a do chalé suíço» (Dicionário Hoauiss, 1.ª edição brasileira, de 2001).

Sobre a origem deste termo francês, é possível também saber que designava na origem uma «[...] 'habitação do pessoal que tinha direito de levar o rebanho para pastar nos Alpes, (d1723) cabana de pastagem alpina, onde se abrigam os pastores durante o verão e onde eles fazem o queijo', por extensão 'habitação dos Alpes, construída em madeira, freqüentemente avarandada, com telhado em ponta', por extensão (1833) 'habitação campestre', vocábulo do francês dialetal (Suíça), formado sobre uma base pré-indo-européia ou antigo provençal e catalão *cala, no sentido primitivo de 'abrigo de montanha', + sufixo -ïttu (francês -et) [...]» (idem, ibidem).

Carlos Rocha
Tema: Origem de palavras Classe de Palavras: substantivo
Áreas Linguísticas: Léxico Campos Linguísticos: Estrangeirismos