Nomes próprios (simples ou compostos) com a função de sujeito simples - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Nomes próprios (simples ou compostos) com a função de sujeito simples

Na frase «Ana Clara caiu da bicicleta», o sujeito é simples, ou composto? Minha dúvida é porque no sujeito simples tem apenas um núcleo (uma palavra), e nesse caso teria duas. Acho que é simples, mas não tenho certeza.

Antecipadamente agradeço.

Larissa Fontanella Estudante Florianópolis, Brasil 2K

Trata-se de um sujeito simples porque é uma pessoa que pratica ou é agente da ação. A Ana Clara é a pessoa que caiu da bicicleta, e só ela. 

«Diz-se que o sujeito é simples quando é constituído apenas por um grupo nominal ou por uma oração» (Vítor Fernando Barros, Gramática da Língua Portuguesa, Âncora Editora, 2011, p. 70).

Note-se que qualquer nome próprio composto – como Ana Clara, Manuel António ou Joaquim Augusto – é sempre um único nome próprio, o que explica que os nomes próprios, simples ou compostos, que se refiram a um único indivíduo e ocorram como sujeitos frásicos sejam sempre sujeitos simples.

Filipe Carvalho
Áreas Linguísticas: Sintaxe Campos Linguísticos: Funções sintácticas