«Não ver um palmo adiante do nariz» - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
«Não ver um palmo adiante do nariz»

Como se diz: «ninguém via mais de um palmo diante do nariz», ou «ninguém via mais do que um palmo diante do nariz»?

Catarina Sobreira Estudante Lisboa, Portugal 7K

A expressão registada no Dicionário de Expressões e Locuções Correntes, de Emanuel de Moura Correia e Persília de Melim Teixeira (Papiro Editora), é «Não ver um palmo adiante do nariz» e significa «não ver nada por causa da escuridão, nevoeiro, etc.». Este dicionário ainda acolhe outra expressão muito parecida («Não ver um palmo à frente do nariz»), embora com sentido diferente; quer dizer «não discorrer; ser estúpido».

O Dicionário de Expressões Correntes, de Orlando Neves (Editorial Notícias), regista a expressão «Não ver um palmo (dois dedos) à frente do nariz» e diz que significa «ser ignorante; ver mal»; e acolhe também, com o mesmo significado, a variante «Não ver um palmo de terra».

Carlos Marinheiro
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: verbo
Áreas Linguísticas: Discurso/Texto; Léxico