«Escarnecer alguém» vs. «escarnecer de alguém» - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
«Escarnecer alguém» vs. «escarnecer de alguém»

Gostaria de saber se o verbo «escarnecer» leva ou não a preposição «de». Os dicionários que consultei, apesar de unânimes em anotá-lo como sinônimo de «fazer escárnio (de)» ou «zombar (de)», não foram claros em relação ao uso da referida preposição. Se o contexto no qual pensei for de alguma ajuda, tinha em mente uma frase semelhante a «Quando tropecei, as pessoas, rindo-se, escarneceram de mim» (ou seria «escarneceram-me»?). Há, para este caso, uma forma preferível? Se ambas forem válidas, há alguma diferença de sentido?

Grato pela atenção.

Gustavo Lino Estudante São Paulo, Brasil 211

Segundo o Dicionário de Verbos Portugueses, dir. Malaca Casteleiro, escarnecer é:

1. transitivo direto e significa, nesta aceção, tratar com escárnio: «Um dos grupos de trabalho escarneceu o outro»

2. transitivo indireto: «O jovem escarnecera da senhora idosa»

3. intransitivo: «Ele gosta muito de escarnecer».

 Por sua vez, o Dicionário Houaiss assinala-o como transitivo direto e transitivo indireto: tratar alguém com escárnio, com zombaria

Ex.: «Os seus próprios amigos escarneceram-no».

«Escarnecia do irmão com gritos debochados». 

Finalmente, interessa verificar que, para responder à pergunta formulada, o verbo pode reger a preposição de: escarnecer de.

Escarnecer alguém ou de alguém? Depende: Escarnecer admite, facultativamente, complemento direto ou indireto. 

Maria Eugénia Alves
Classe de Palavras: verbo
Campos Linguísticos: Aspecto (verbos); Regência