Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Análise morfológica e classificação morfológica

Fazer a análise morfológica de uma palavra é o mesmo que fazer a sua classificação morfológica? E é o mesmo que incluí-la numa classe de palavras?

Para melhor entender, pergunto: quando faço uma análise morfológica, por exemplo, da palavra astrografia? Quando digo que é um substantivo feminino, ou quando digo que provém do elemento astro-, mais o elemento -grafi-, + -ia? Se é que alguma constitui uma análise morfológica.

Grato.

António Contreiras Profissional de ambiente e ordenamento do território Faro, Portugal 41K

Tradicionalmente, a análise morfológica é feita normalmente em relação a um texto, porque as palavras podem ter várias classificações morfológicas, ou melhor, podem pertencer a diferentes classes morfossintá{#c|}ticas de palavras (por exemplo, substantivo, adjectivo, verbo, advérbio, preposição, pronome, etc.).

Exemplos

1 – «Eu como pouco.» Nesta frase, «como» funciona como verbo.

2 – «Como chegaste aqui?» Neste caso «como» é um advérbio.

3 – «Tu estás tão bom como eu.» Nesta frase, «como» é uma conjunção comparativa.

Depois da análise de cada palavra no seu contexto, atribuímos a respectiva classificação morfológica porque a consideramos pertencente a uma classe de palavras.

Fazemos classificação morfológica quando dizemos que astrografia é um substantivo feminino.

Também na perspectiva tradicional, quando dizemos que esta palavra é formada por astro- e -grafia, estamos no domínio da história da língua, pois explicamos como foi formada esta palavra.

No entanto, com o desenvolvimento dos estudos ling{#u|ü}ísticos, em geral, e da morfologia, em particular, também se entende por análise morfológica a descrição da formação e constituição de palavras. Por conseguinte, considera-se que astrografia é um composto erudito (tem elementos de origem grega), ou, em propostas mais recentes, um composto morfológico.

A. Tavares Louro
Áreas Linguísticas: Etimologia; Morfologia