A grafia da palavra nanómetro - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
A grafia da palavra nanómetro

Já vi que já aqui responderam a uma questão sobre a grafia da palavra nanómetro. Contudo, li que nanómetro (ou nanômetro) é um instrumento, e não uma unidade de medida. E que esta se escreverá, portanto, como nanometro. Isto é, não se aplicaria a excepção que se abre para o caso de quilómetro, hectómetro, decâmetro, decímetro, centímetro e milímetro. Assim, escrever-se-ia "picometro"... Há algum fundamento nesta ideia?

Manuel Anastácio Professor Guimarães, Portugal 3K

O Dicionário Houaiss tem entrada só para a forma nanômetro, termo definido apenas como unidade de medida. No entanto, no artigo respeitante ao prefixo nano-, surge como variante de nanômetro a forma nanometro, que é palavra grave (paroxítona). Noutros dicionários, como seja o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora, nanómetro/nanômetro é definido somente como unidade de medida.

Em princípio, o elemento de formação de palavras -metro é átono, facto que explica a acentuação de nanômetro. Se também é aceitável nanometro, só posso conjecturar que se trata de analogia com a acentuação paroxítona de palavras como nanograma e nanolitro (cf. ibidem), nas quais os elementos -grama e -litro não são átonos e aceitam o acento tónico em compostos morfológicos: miligrama, mililitro.

Seja como for, não posso, a partir dos dicionários consultados, confirmar que exista contraste semântico entre nanómetro e nanometro.

Carlos Rocha
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: substantivo
Áreas Linguísticas: Léxico; Morfologia Construcional