Paula Torres de Carvalho - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Paula Torres de Carvalho
Paula Torres de Carvalho
2K

Paula Torres de Carvalho, licenciada em Sociologia, trabalhou como jornalista no Jornal de Letras, na Voz Di Povo, na revista Grande ReportagemRTP, no semanário Expresso e no jornal Público. Doutoranda em Ciências da Comunicação, é fundadora das Produções Memória, vocacionada para a produção de livros biográficos e de espetáculos musicais e de teatro.Trabalha atualmente na Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

 

 
Textos publicados pela autora
<i>Errare humanum est</i>, mas há limites!...
Traduzir o anglicismo camaraderie para "camaradaria"

O erro grosseiro veio reproduzido como legenda numa peça sobre surfistas ingleses no Funchal, via  RTP Madeira.

Contra a “ditadura” do inglês na produção científica
Manifesto de investigadores portugueses, espanhóis, brasileiros e argentinos

«Publicar investigações de âmbito científico apenas ou sobretudo em inglês é um acto de "visão curta", "parcial" e "discriminatório", considera um grupo de investigadores portugueses, espanhóis, brasileiros e argentinos, autores do manifesto Pela Universalidade da Divulgação da Produção Científica, que está a circular na Internet.»

[in jornal Público de 28 de maio de 2012, com o título "Um grupo de investigadores protesta contra a "ditadura" da língua inglesa na produção científica"]

A Fundação Luso-Americana (FLAD) patrocinou a extensão para os Estados Unidos da América (EUA)  da Ciberescola da Língua Portuguesa, uma iniciativa do Ciberdúvidas, espaço de promoção do português na Internet, cuja concretização em Portugal, para os ensinos básico e secundário,  aguarda ainda o apoio do Ministério da Educação. (...)

O Público (21/07/09) noticia um novo serviço integrado no Ciberdúvidas destinado a facultar o acesso livre a recursos educativos que informem e auxiliem o processo de ensino/aprendizagem do português língua materna e do português língua não materna. Como escreve a jornalista Paula Torres de Carvalho, esta plataforma estender-se-á, numa segunda fase,  aos cinco países africanos de língua oficial portuguesa e a Timor.

 

Notícia do jornal "Público", do dia 29 de Julho de 2008, da autoria da jornalista Paula Torres de Carvalho, sobre a renovação, por parte do Ministério da Educação de Portugal, por mais um ano lectivo, do destacamento dos professores Ana Martins e Carlos Rocha, como editores executivos do Ciberdúvidas.