António Emiliano - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
António Emiliano
António Emiliano
1K

Linguista, professor e músico português. É doutor em Linguística Portuguesa pela Universidade Nova de Lisboa e professor na mesma instituição. É sócio fundador da Associação Portuguesa de Linguística e da Associação Internacional de Linguística do Português, membro cooperador da Sociedade Portuguesa de Autores.

 
Textos publicados pelo autor

«O facto de o AO não concitar qualquer consenso nem contribuir para unificar seja o que for é razão suficiente para, no mínimo, se suspender a sua aplicação e fazer respeitar a <a style="font-style: italic;" href="http://www.parlamento.pt/Legislacao/Paginas/ConstituicaoRepubli...

Mais um texto anti-Acordo Ortográfico do linguista e filólogo António Emiliano, este sobre os dados quantitativos que sustentam a activação da nova reforma  gráfica da língua portuguesa. Artigo publicado origiráriamente no  "Diário de Notícias" de 26 de Julho de 2008.

 

 

Mais um artigo  anti-Acordo Ortográfico do linguista  português  António Emiliano, no "JN" de 13 de Julho de 2008. Desta feita, foca a alegada a instabilidade ortográfica gerada pelo nova reforma ortográfica da língua portuguesa do ponto de vista do ensino-aprendizagem.

 

O linguista e filólogo António Emiliano publicou o seguinte texto no seu blogue, uma versão extensa do que foi publicado no "Jornal de Notícias" de 15 de Junho de 2008.

 

A grande novidade do Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa (1990) [AO] em relação aos que o precederam é a generalização de facultatividades gráficas.

O linguísta e filólogo António Emiliano publicou o seguinte texto, em forma de perguntas e respostas, na Revista Autor contra o Acordo Ortográfico. Ele um dos principais dinamizadores de uma petição pela não entrada em vigor em Portugal do Acordo Ortográfico.

 

P: Por que é que os signatários da petição em linha EM DEFESA DA LÍNGUA PORTUGUESA são contra o Acordo Ortográfico de 1990?