O português em Moçambique e o estudo dos neologismos em Portugal - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O português em Moçambique e o estudo dos neologismos em Portugal
Nos programas de rádio Língua de Todos e Páginas de Português
Por Ciberdúvidas da Língua Portuguesa 965

Língua oficial e cada vez mais língua também nacional, embora não endógena, o português de Moçambique percorre o seu próprio caminho, em diálogo criativo com o sistema linguístico banto do país, com o inglês dos países limítrofes e com os impactos da mundialização. Do presente e do futuro da língua portuguesa em Moçambique fala-se no programa Língua de Todos, na RDP África, transmitido na sexta-feira, dia 29 de março, às 13h15*, com repetição no sábado, dia 30, depois do noticiário das 09h00*. Com uma conversa com o moçambicano Nataniel Ngomane, docente do Departamento de Literatura da Faculdade de Letras e Ciência Sociais da Universidade Eduardo Mondlane.

* Hora oficial de Portugal continental, ficando o programa Língua de Todos disponível posteriormente, aqui .

Nonada, a famosa palavra inicial do Grande Sertão, Veredas de João Guimarães Rosa, deu azo a mil investigações e interpretações. Seria um neologismo? O autor de Sagarana desfez o mistério: era palavra corrente no sertão brasileiro. Sobre ela e os neologismos em geral debruça-se a linguista portuguesa Margarita Correia, professora da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, no programa Páginas de Português, transmitido na Antena 2, dia 1 de abril, às 12h30**, com repetição no sábado seguinte, dia 7, às 15h30**. Tempo ainda para se abordar a situação do Observatório de Neologia do Português no âmbito do ILTEC/CELGA  e sobre dos trabalhos à volta dos Vocabulários Ortográficos Nacionais dos PALOP e de Timor-Leste.

* Hora oficial de Portugal continental, ficando o programa, Páginas de Português disponível posteriormente, aqui.

Sobre o autor