O bilinguismo em Cabo Verde e os falares e escritas de Moçambique - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O bilinguismo em Cabo Verde
e os falares e escritas de Moçambique
Nos programas de rádio Língua de Todos e Páginas de Português
1K

A língua portuguesa tem convivido, em Cabo Verde, com outras línguas africanas desde o século XV. Foi aqui que surgiu o primeiro crioulo africano de base lexical portuguesa. No arquipélago, as duas línguas têm convivido e têm vindo a evoluir.  É este o tema central do programa Língua de Todos, na RDP África, de sexta-feira, dia 1 de setembro, às 13h15*,  com repetição no sábado, dia 2, depois do noticiário das 09h00*, com uma entrevista à professora e investigadora cabo-verdiana, Ana Josefa Cardoso.

* Hora oficial de Portugal continental, ficando, posteriormente,  também disponível, aqui.

 

Já no programa Páginas de Português – no domingo, dia 3 de setembro, na Antena 2, às 12h30**, com repetição no sábado seguinte, dia 9, às 15h30**– passa uma conversa com Ungulani Ba Ka Khosa, secretário-geral da Associação de Escritores Moçambicanos, sobre falares e escritas do seu país.

 

**  Hora oficial de Portugal continental, ficando, posteriormente, também disponível aqui.