Margarita Correia - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Margarita Correia
Margarita Correia
10K

Margarita Correia, professora  auxiliar da Faculdade de Letras de Lisboa e investigadora do ILTEC-CELGAEntre outras obras, publicou Os Dicionários Portugueses (Lisboa, Caminho, 2009) e, em coautoria, Inovação Lexical em Português (Lisboa, Colibri, 2005) e Neologia do Português (São Paulo, 2010). Mais informação aqui. Presidente do Conselho Científico do Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP) desde 10 de maio de 2018.

 
Textos publicados pela autora
Celebrar a educação em tempos de covid-19
Comemoração do Dia Internacional da Educação

No âmbito das comemorações, no dia 25 de janeiro de 2021, do Dia Internacional da Educação, com o tema "Recuperar e revitalizar a educação para a geração da covid-19", a professora universitária e linguista Margarita Correia reflete, num artigo publicado no Diário de Notícias no dia 25 de janeiro de 2021, acerca das consequências da pandemia para  a educação, numa  situação «em que as nossas escolas do pré-escolar, básico e secundário se encontram encerradas devido à terrível situação que Portugal atravessa, com um número crescente de infetados e mortos, e um Serviço Nacional de Saúde à beira do colapso.»

Artigo publicado no Diário de Notícias no dia 25 de janeiro de 2021.

As cerejas, as ideias e o alfabeto
Uma invenção revolucionária

«A invenção do alfabeto deu origem a uma das maiores revoluções tecnológicas da humanidade» – sublinha a linguista Margarita Correia numa reflexão dedicada à história dos alfabetos e ao seu significado para as sociedades contemporâneas.

Crónica da autora publicada no Diário de Notícias de 18 de janeiro de 2021. 

Entender (ou não) linguagem figurada
Ironia e literalidade

«A linguagem figurada pode (...) ser muito perigosa. É preciso pensar duas vezes antes de fazer comentários irónicos ou mesmo apenas jocosos, por escrito (...).» Advertência que faz parte de um conjunto de considerações da linguista Margarita Correia sobre a linguagem figurada e, em concreto, sobre a ironia, que requer condições especiais para ser entendida – em crónica publicada no Diário de Notícias em 11 de janeiro de 2021.

 

 

Estar na Europa hoje
Sobre a presidência portuguesa da União Europeia no 1.º semestre de 2021

«Quem nunca viveu no Portugal "fora da Europa" não pode ter verdadeiramente consciência do que este era e de quão limitados eram os horizontes e as possibilidades dos portugueses comuns» – considera a linguista Margarita Correia a propósito da presidência do Conselho da União Europeia, que Portugal assume no primeiro semestre de 2021, de 1 de janeiro a 30 de junho.

Artigo de opinião  da autora publicado no Diário de Notícias em 4 de janeiro de 2021.

LGP, uma língua silenciosa
Um trabalho com três décadas

«As línguas gestuais são um objeto de estudo extraordinário para os linguistas: além de constituírem línguas com gramáticas e léxicos específicos, mas sem sons, o seu surgimento propicia a oportunidade de assistir ao nascimento e primeiras fases de desenvolvimento de línguas naturais (...).»

Artigo de opinião da linguista Margarita Correia publicado no Diário de Notícias em 12 de dezembro de 2020.