A lingua falada e a lingua escrita (TV Brasil) - Ensino - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Português na 1.ª pessoa Ensino Artigo
A lingua falada e a lingua escrita (TV Brasil)

Citando uma frase de Otto Lara Resende – «escrever bem é pensar bem» –, o jornalista brasileiro Alberto Dines acrescenta: «Escrever bem ou falar bem é uma opção individual; já pensar bem é um problema social.»

Foi este o mote do programa Observatório de Imprensa (TV Brasil) em 24/05/2011, dedicado à polémica gerada pelo manual Por uma vida melhor, que, tendo sido adotado nesse mesmo ano pelo Programa Nacional do Livro, do Ministério da Educação do Brasil, recebeu numerosas críticas por não rejeitar o uso dos chamados "erros" de português na língua falada. Abordando diretamente a questão da distância cada vez maior que se verifica no Brasil entre discurso falado e o discurso escrito, a emissão, conduzida por Alberto Dines, teve a participação de três conhecidos especialistas em temas do português brasileiro: os gramáticos Deonísio Silva e Sérgio Nogueira, bem como Marcos Bagno, linguista e professor na Universidade de Brasília (UnB). O programa inclui ainda depoimentos do escritor Affonso Romano Sant´Anna, do professor e gramático Evanildo Bechara (membro da Academia Brasileira de Letras), do escritor João Ubaldo Ribeiro e do advogado Sérgio Bermudes.

Fonte