Porquê jiadista, e não "jihadista" - Controvérsias - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Início Português na 1.ª pessoa Controvérsias Artigo
Porquê jiadista, e não "jihadista"
Porquê jiadista, e não "jihadista"
Fonte

In semanário Expresso de 25 de outubro de 2014, pág. 36.

Sobre o autor

Jornalista português, cofundador (com João Carreira Bom) e responsável editorial do Ciberdúvidas da Língua Portuguesa. Autor do programa televisivo Cuidado com a Língua!, cuja primeira série se encontra recolhida em livro, em colaboração com a professora Maria Regina Rocha. Ver mais aqui.