A sintaxe do medo, o termo decrescimento e os palavrões na relação com o ser humano - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Aberturas Abertura
A sintaxe do medo, o termo decrescimento e os palavrões na relação com o ser humano
A sintaxe do medo, o termo decrescimento
e os palavrões na relação com o ser humano
Por Ciberdúvidas da Língua Portuguesa 111

1. As mais recentes respostas do Consultório debruçam-se sobre a formação e o significado de uma "nova" palavra: decrescimento. A homonímia associada à palavra como motiva duvidas relativas à sua classe nas expressões «fixar-se como docente» e «a maneira como ele fala». Ainda no âmbito da sintaxe, identifica-se a preposição selecionada pelo adjetivo conveniado e retoma-se a identificação da função sintática de constituintes que acompanham o nome medo.

     Ainda no Consultório, a resposta O símbolo @ nos plurais que denotam ambos os géneros foi enriquecida com informação relativa à designação de @ noutras línguas. 

2. Na rubrica O Nosso Idioma fica em linha uma reflexão do tradutor e professor universitário Marcos Neves, no seu blogue Certas Palavras, sobre a relação do ser humano com os palavrões, demonstrando como estes assumem um papel vital para quem os profere.

     Para outras leituras sobre tabuísmos, o Ciberdúvidas (rubrica O Nosso Idioma) reúne diversos artigos: «A falta que ele nos faz», «Significados há muitos, seu camelo!», «Um Voldemort em cada esquina», «Palavrão a palavrão: de onde vieram as asneiras», «Viver para Contar: o palavrão democratizou-se»; na Rubrica Ensino, está disponível o artigo «Primeiro estranha-se, depois entranha-se...» 

3. No âmbito do ensino da língua portuguesa no mundo, destaque para os seguintes eventos:

        – Colóquio "Produção de materiais didáticos para o Ensino de PLE no contexto da China e Ásia-Pacífico", organizado pelo Centro Pedagógico e Científico da Língua Portuguesa do Instituto Politécnico de Macau, nos dias 5 e 6 de novembro;

     – IV Jornadas da Língua Portuguesa - Investigação e Ensino, promovidas pela Cátedra Eugénio Tavares de Língua Portuguesa da Universidade de Cabo Verde, entre 7 e 9 de novembro. O tema desta nova edição é  "A avaliação das aprendizagens em português língua segunda".