O uso de «em como» e de «em que» - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O uso de «em como» e de «em que»

Quando se insta alguém a fazer prova de algo é comum ouvir-se: «É necessário um documento em como não tem dívidas...» (por exemplo). É correcto? Não deveria dizer-se «... um documento em que (subentende-se: se declare que) não tem dívidas...»?

José Travassos Portugal 4K

Poderá dizer: «... documento em que se declara que a pessoa não tem dívidas»: sem omissões. Mas se disser «documento em que a pessoa não tem dívidas», o significado da frase altera-se: significará que a pessoa não tem dívidas no documento, o que não faz sentido. Seria uma expressão equivalente a «banco em que a pessoa não tem dívidas». Por isso, se quiser manter a elipse, terá de recorrer à expressão «documento em como a pessoa não tem dívidas». O uso da expressão em como é corrente, como se pode ver pelos seguintes exemplos: «Declaração emitida pela Repartição de Finanças em como é ou não possuidor de propriedades rústicas e/ou urbanas ou fotocópia do Aviso de Pagamento do Imposto Municipal sobre Imóveis (2004).» «Declaração de um professor da universidade em como aceita orientar os trabalhos de doutoramento do candidato…» Apesar disso, não consegui encontrar em nenhuma das obras de referência que consultei qualquer alusão ao advérbio como regido da preposição em, o que me leva a pensar que se trate de uma construção própria de textos administrativos, que com o tempo se tenha alargado à linguagem corrente. Dada a ausência de referências a esta construção, não posso passar do campo das hipóteses. De qualquer forma, a expressão é de uso tão comum, sobretudo em documentação oficial, que não vejo razão para pôr em causa a sua legitimidade.

Maria João Matos
Classe de Palavras: preposição
Áreas Linguísticas: Discurso/Texto; Sintaxe Campos Linguísticos: Ordem dos constituintes; Regência