O significado de folclore - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O significado de folclore

Estudo o folclore há cerca de 50 anos, e durante 35 fiz a pesquisa etnocultural da freguesia de Montargil, que por alguns especialistas é considerada uma referência na região. E o que é para nós, folcloristas e etnógrafos, o folclore? Digamos que a expressão de todas as vivências das gentes de antigamente quando ainda não eram influenciadas por diferentes maneiras de ser e de estar. Mas todos conhecemos expressões como «não ligues, que isso não passa de folclore», o que a Sociedade da Língua Portuguesa diz só se poder admitir a pessoas analfabetas ou de pouca cultura. Acontece ainda que em Portugal é marcante o desconhecimento sobre a matéria. Mas o que eu agradeço, antes que volte ao vosso contacto – os vossos esclarecimentos são importantes! –, é que me digam o que entendem como folclore.

Obrigado.

Lino Mendes Pensionista Montargil, Portugal 1K

O que se entende por folclore, numa forma sintética e direta, pode ser observado no que está dicionarizado. É uma palavra que tem origem no inglês, significando folk, «povo», e lore, «conhecimento». Folclore será o «conjunto das tradições, lendas ou crenças populares de um país ou de uma região expressas em danças, provérbios, contos ou canções» (Priberam). Não obstante, a definição do vocábulo e do que representa é motivo de definições várias e bem mais extensas. Compreende-se que um amante do folclore, que dedicou tantos e longos anos ao seu estudo, se sinta melindrado quando ouve ou vê registada a expressão «não ligues, que isso não passa de folclore». A sabedoria popular assenta numa dupla vertente composta por experiências feitas, em que os provérbios são um exemplo bem esclarecedor e enriquecedor, e na interpretação fácil e superficial de certos aspetos ou eventos. Neste último caso, há uma interpretação à rama de uma referência cultural muito interessante e profunda como é o folclore. As observações são feitas à superfície, e as danças e cantares são assimilados como meras expressões de recreio e divertimento ruidoso. Daí a expressão utilizada querendo significar que os assuntos mais sérios são dignos de reflexão, e os outros são folclore. No entanto, a cultura de um povo é algo de inestimável riqueza, e o folclore dá um contributo importantíssimo nesse sentido.

Filipe Carvalho
Tema: Origem de palavras Classe de Palavras: substantivo
Áreas Linguísticas: Etimologia; Léxico; Semântica Campos Linguísticos: Atestação/Significado de palavras