O quantificador muitos - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O quantificador muitos

Na frase «De muitos destes trabalhos sobram certos novelinhos», como devemos classificar morfologicamente muitos — pronome, ou determinante?

Obrigada pela atenção dispensada.

Aguardo resposta.

Maria Santos Desempregada Lisboa, Portugal 5K

Para um esclarecimento mais pormenorizado sobre a classificação da palavra muitos, aconselha-se a consulta de duas respostas que se debruçam sobre o assunto — Sobre a classificação de pronomes como muito e algum no Dicionário Terminológico, de Edite Prada, e Sobre os quantificadores na TLEBS/Dicionário Terminológico 2008, de Ana Martins.

Segundo o Dicionário Terminológico, muitos é um quantificador existencial, uma vez que se trata de uma palavra que contribui para a construção do valor referencial de um nome com que se combina e cujo significado expressa uma quantidade relativa a um valor considerado como ponto de referência: «Muitos alunos faltaram ao teste (o número de alunos que faltaram ao teste é superior à quantidade média).»

Eunice Marta
Tema: Classes de palavras Classe de Palavras: quantificador