O plural de rom (= cigano) - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O plural de rom (= cigano)

Atendendo à flutuação terminológica que se verifica neste domínio, gostaria de saber se, em língua portuguesa, se deve dizer "rom", "roma" ou "romanichel" para designar o povo originário dos Balcãs. A dúvida surge, também, pelo facto de nalguns documentos se indicar que os chamados "romanichéis" serão um dos subgrupos do povo designado "rom".

Por outro lado, a ser correcto o uso do termo "rom" em português, como deverá formar-se o plural?

Carla Carvalho Jurista linguista Bruxelas, Bélgica 5K

De acordo com a Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira, só em gíria brasileira rom significa «homem». O seu plural terá de ser, evidentemente, rons. Os restantes termos que aponta não fazem parte da nossa língua, mas em francês existem romani e romanichel (originados no vocábulo cigano romani), que se aplicam aos ciganos nómadas e, por extensão, a quaisquer vagabundos.1

O plural de rom só pode ser rons.

1 N.E.: O Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa regista rom, no sentido de «designativo de cigano originário dos Bálcãs, entre os próprios ciganos», e romani, como termo usado em linguística com o significado de «relativo a ou um complexo de dialetos falados por ciganos de diferentes países e que genealogicamente pertencem à família indo-européia, ramo indo-irânico, sub-ramo ido-árico, grupo sânscrito; cigano». O dicionário da Academia das Ciências de Lisboa define romani como língua falada pelos ciganos do Leste da Europa.

F. V. Peixoto da Fonseca
Tema: Uso e norma
Áreas Linguísticas: Léxico; Morfologia