Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O gentílico e a capital do Sara Ocidental

Gostaria de saber qual a forma correta de traduzir الجمهورية العربية الصحراوية الديمقراطية (Al-Jumhūrīyyah Al-`Arabīyyah Aṣ-Ṣaḥrāwīyyah Ad-Dīmuqrāṭīyyah): República Árabe Sariana Democrática, ou República Democrática Árabe Sariana? E quanto ao gentílico, devemos usar sariano, saariano, sahariano, saraui, sarauí (Código de Redação da UE), saharaui, saharauí, saaraui, ou saaráui (Houaiss)? Outra questão relacionada tem que ver com a capital do território do Sara Ocidental, e capital reivindicada pela supracitada república. Devemos escrever El Aiune, El Aaiún, Laâyoune, ou El Ayun? Muito obrigado pelo esclarecimento.

João G. Pais Estudante Lisboa, Portugal 4K

Atendendo à ordem por que aparecem os elementos na expressão original árabe, que, como nas línguas românicas em geral, também coloca o adjetivo depois do substantivo, pode esperar-se que democrática ocorra no final: República (Al-Jumhūrīyyah) Árabe (Al-`Arabīyyah) Sariana/Sarauí (Aṣ-Ṣaḥrāwīyyah) Democrática (Ad-Dīmuqrāṭīyyah).¹ É esta, aliás, a ordem adotada também em espanhol: República Árabe Saharaui Democrática. No entanto, há registo histórico de sequências como República Democrática Alemã, com o gentílico depois do adjetivo referente ao tipo de regime político. Em italiano, uma língua românica como o português, diz-se Repubblica Democratica Araba Sahraui, o mesmo é dizer «República Democrática Árabe Saráui/Saraui». Sendo assim, não parecem existir regras ou critérios que nos pemitam identificar a forma mais adequada, pelo que a prevalência de uma das sequências possíveis acaba por decorrer da força que o uso tenha adquirido entre organismos e entidades detentores de prestígio ou autoridade, de modo a impô-la à norma.

Quanto ao gentílico deste território, que não é reconhecido pela União Europeia como Estado independente, verifica-se que existe a variação apresentada na própria pergunta. Usar sariano ou saariano pode ter para alguns a desvantagem de assim se confundir o natural ou o residente do deserto do Sara com o cidadão do país ou região em referência. Por isso, saráui ou saraui se afiguram como boas opções, justamente pela possibilidade de contrastar os habitantes deste território em relação ao conjunto da população do Sara.

Finalmente, não há tradição de haver forma portuguesa para o nome da capital do território. Tendo em conta o espanhol El Aaiún e o italiano El Ayun, poderá propor-se "El Aium", que não se encontra atestado. Em alternativa, pode-se adotar a forma francesa El Aiune, tal como faz o Código de Redação Interinstiucional para o uso do português na União Europeia, no qual se regista El Aiune.

¹ Em Portugal, como nome do deserto em apreço, registam-se as formas Sara e Sáara. No Brasil, usa-se Saara (cf. Dicionário Houaiss, iDicionário Aulete e Dicionário Unesco do Português Contemporâneo. Quer Sáara quer Saara são trissílabos, ou seja, os dois aa, que são pronunciados, pertencem a sílabas diferentes ("Sá.a.ra", "Sa.a.ra").

Carlos Rocha
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: nome próprio