O aumentativo da palavra filme - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O aumentativo da palavra filme

Qual é o aumentativo da palavra filme?

Kleber Lima Vieira Corretor de imóveis Vitória, Brasil 10K

Não encontrámos nenhuma forma dicionarizada do aumentativo de filme, contrariamente ao que ocorre com o seu diminutivo, para o qual estão registadas duas formas: uma, marcando a curta duração, filmete (filme + -ete), «filme curto, com duração de 15 a 60 segundos, geralmente produzido com finalidade publicitária, para exibição em cinema ou televisão» (Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa, 2001), e outra, totalmente distinta, com sentido pejorativo, filmeco (filme + -eco), «filme cinematográfico de qualidade inferior, mau filme» (idem).

No entanto, apesar de não haver registo em nenhum dos dicionários nem nas gramáticas consultadas, sabemos que há regras para a formação do grau aumentativo dos substantivos, de modo a conferir à palavra uma «significação exagerada, ou intensificada disforme ou desprezivelmente, [emprestando, frequentemente,] ao nome as ideias de desproporção, de disformidade, de brutalidade, de grosseria ou de coisa desprezível» (Celso Cunha e Lindley Cintra, Nova Gramática do Português Contemporâneo, 17.ª ed., Lisboa, Sá da Costa, 2002, p. 199), o que não significa que o aumentativo não corresponda a uma marca positiva, a um sinal de ampliação eufórica do sentido do vocábulo.

Aliás, essas «noções são expressas em geral pela[s] forma[s] analítica[s], especialmente pelo adjectivo grande, ou por sinónimos, que acompanham o substantivo» (idem), o que corresponde à expressão com que verbalizamos usualmente tal grau — «um grande filme» — quer para designar um filme muito bom, quer para nos referimos a um filme longo, assim como para significar um filme valorizado pela presença de actores de renome, recheado pela diversidade de cenários/paisagens e/ou enriquecido pelas mais recentes técnicas/tecnologias de imagem e de som, facultando ao espectador o acesso a novos universos da ficção.

Portanto, se quisermos formar, sinteticamente, o aumentativo de filme, basta empregamos um dos «sufixos [aumentativos] especiais: -ão («o formador, por excelência, dos aumentativos em português»), -aço, -alhão, -alhaz, -arrão, -ázio, -anzil, -aréu, -arra, -arraz, -az, -eiro, -eirão, -ilão.» (idem, pp. 90-91). Poderão, assim, ocorrer formas pontuais, ao critério do falante, como «filmaço», ou ainda outras.

Eunice Marta
Tema: Uso e norma Classe de Palavras: substantivo