A tradução do francês arrondissement - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
A tradução do francês arrondissement

Venho por este meio sublinhar um erro frequente cometido pelos jornalistas portugueses na referência aos arrondissements que são traduzidos por bairros. Ora, é consabido que bairro não é por regra uma divisão administrativa mas sim um lugar que é conhecido pelas suas particularidades, ao invés do termo arrondissement que é gerido administrativamente e no caso de Paris por vinte juntas de freguesia. O termo equivalente em português, freguesia corresponde amplamente ao que os franceses referem por arrondissement e à semelhança como se procede à divisão administrativa das cidades portuguesas.

Luís Fernandes Gestor de Mercado Paris, França 1K

Há três tipos de arrondissement em França (isto para não falar dos outros países francófonos): arrondissement municipalarrondissement départamental e arrondissement maritime. Só o primeiro – o arrondissement municipal – é que corresponde grosso modo à nossa freguesia. No entanto, enquanto a freguesia é uma divisão administrativa existente em todo o território português, o arrondissement municipal só existe em três municípios (communes) franceses: Paris, Marselha e Lião. Portanto, tem razão o nosso consulente, mas é necessário fazer esta ressalva, pois a equivalência não é total.

No que diz respeito aos arrondissements de Paris, referidos pelo consulente (tal como aos de Marselha e de Lião), creio, pois, que faz todo o sentido traduzirem-se por «freguesias». Já na retroversão, ou seja, na tradução de português para francês, é conveniente, pelo motivo já apontado, traduzir-se freguesia por arrondissement municipal (e não simplesmente por arrondissement), pelo menos na primeira ocorrência do termo. 

A tradução de nomes de unidades administrativas pode, aliás, revelar-se algo problemática, e não há soluções definitivas para todos os casos. Por exemplo, em escrituras e noutros documentos deste teor, quando traduzidas de português para espanhol e vice-versa, o termo freguesia é normalmente traduzido por parroquia e vice-versa, embora a correspondência não seja total. Por isso mesmo, alguns tradutores optam por acrescentar ao nome traduzido, entre parêntesis e em itálico, o nome original, para desfazer qualquer dúvida...

N. E. – Sobre termos equivalentes a arrondissement e não associados à organização administrativa de Portugal, o consultor Luciano Eduardo de Oliveira observa que, por exemplo, em São Paulo se fala em zonas (zona sul, norte, leste e oeste) e bairros (Pinheiros, Santo Amaro, Interlagos, etc.), além de existirem também subprefeituras. Distrito poderá também ser opção válida, por se tratar da subdivisão de um município, embora não necessariamente interna ao núcleo urbano principal; por exemplo, ao falar de Rubião Júnior, diz-se que é um distrito de Botucatu (no estado de São Paulo, Brasil), o que significa que pertence ao município de Botucatu, mas não se encontra dentro desta cidade. Contudo – assinala ainda Luciano Eduardo de Oliveira –, em traduções do francês para outras línguas que não a portuguesa, é frequente manter as ocorrências de arrondissement sem as traduzir; se for esta também a opção na passagem ao português, convém lembrar que a palavra francesa se pronuncia "arrondismã" – com o s surdo (para os falantes do português de Portugal, uma transcrição como "arrondissemã" permite sugerir, de forma aproximada, a pronúncia francesa).

Gonçalo Neves
Tema: Uso e norma
Campos Linguísticos: Atestação/Significado de palavras