A teoria da simplificação e da relexificação do crioulo - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
A teoria da simplificação e da relexificação do crioulo

Gostaria de entender melhor o processo ou a teoria da simplificação e da relexificação do crioulo.

Gessi Cristina Beira Estudante Monte Aprazível, Brasil 6K

A teoria referida pela consulente é uma proposta de explicação da génese do crioulo que hoje é controversa. Considera que terá havido na origem de todos os crioulos um único crioulo, que seria uma modalidade muito simplificada de uma língua dominante. Os diferentes crioulos teriam surgido por relexificação, isto é, por substituição do léxico desse crioulo ancestral (cf. R. L. Trask, Dicionário de Linguagem e Lingüística, São Paulo, Editora Contexto, 2004).

Carlos Rocha