A origem do topónimo Burguel (Algarve) - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
A origem do topónimo Burguel (Algarve)

Queria aprofundar a origem e significado da palavra Burguel.

Existe um topónimo em São Brás de Alportel, Pátio do Burguel, atribuído por deliberação camarária de 27 de Março de 2007, na Acta n.º 8/2007. Contudo, é topónimo muito antigo, visto que já vem referenciado em sessão camarária de 15 de Setembro de 1916, como Rua do Burguel (actualmente já não existe este topónimo).

Muito obrigado.

[O consulente segue a antiga ortografia.]

António Cabral Reformado São Brás de Alportel, Portugal 208

As fontes impressas de que disponho nenhuma informação dispensam sobre a origem do topónimo Burguel. Contudo, na Internet, é possível encontrar um artigo de João Sousa, no blogue Opinião Literal, no qual se considera que burguel é também um substantivo comum: «[...] na tradição popular do sotavento algarvio, com duplo sentido: faz referência a um sítio no interior de povoações; e reporta gente de baixa condição social. É assim em S. Brás de AlportelLuz de Tavira e Fuzeta.» Segundo o mesmo autor, a palavra também se fixou como topónimo nas localidades mencionadas, como, aliás, confirma o próprio consulente em relação a S. Brás de Alportel.

Pouco mais consigo acrescentar sobre a origem do nome comum e topónimo, a não ser sugerir que parece tratar-se de um diminutivo de burgo (sobre a origem deste vocábulo, ver Textos Relacionados), formado por sufixação de -el, do sufixo latino vulgar -ELLU. Por outras palavras, burguel/Burguel viria a ser o mesmo que «pequeno burgo», talvez entendido como núcleo urbano subordinado a outro mais vasto. Note-se ainda que, segundo o Dicionário de Língua Portuguesa da Porto Editora (disponível na Infopédia), a forma afixal -el é «(um) sufixo nominal, de origem latina, que ocorre em topónimos e, por vezes, em substantivos comuns com sentido diminutivo (Portel; Pinhel; tornel)». Refira-se que costuma considerar-se -el o resultado românico meridional (do chamado moçárabe) de -ELLU, sendo, portanto, cognato do sufixo -elo, de tradição galego-portuguesa e igualmente atestado na toponímia (cf. Portelo, nos distritos de Braga e Porto, ou mesmo mais a sul, em Coimbra e Castelo Branco).

Carlos Rocha
Tema: Topónimos Classe de Palavras: nome próprio
Áreas Linguísticas: Etimologia Campos Linguísticos: Derivação