Manuel Matos Monteiro - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Manuel Matos Monteiro
Manuel Matos Monteiro
6K

Manuel Matos Monteirojornalista português e revisor de diversas editoras. Colaborador regular do Diário de Notícias na secção DN Jovem desde 2001. Formador de Revisão de Textos tendo publicado os livros Demanda ou a cor nunca vista (2008), Dicionário de Erros Frequentes da Língua (2015) e é um dos autores do livro 30 Mulheres Mais.

 
Textos publicados pelo autor
Imagem de destaque do artigo

Num mundo ideal, os livros não teriam erros. Claro está que não vivemos num mundo ideal, e os erros inundam diariamente a televisão, o cinema, os jornais e os próprios livros. Mesmo assim, os manuais de escrita, jornalística ainda por cima, justificariam um zelo acrescido na utilização da língua.

Porque« carga de água quereria o Governo saber tanto o que se passa em Belém -
 passa-se lá alguma coisa de muito interessante?»1

«Lembro-me quando estávamos a preparar o "Circo de Feras" no Campo Pequeno e fomos expiar o espectáculo dos Da Weasel, que tinham feito o Atlântico, uns dias antes. E fomos ver o que eles tinham!»2

Ser revisor de textos como principal ocupação profissional é ter uma vida diferente. É ver menos pessoas do que na maior parte dos outros trabalhos. É estar em casa grande parte do tempo. É não ter horários, mas prazos. É gozar do prazer de passar os dias a ler e ainda ser pago por isso. Um revisor é, por imperativo profissional, um leitor omnívoro. Um especialista das engrenagens da língua, desde as suas estruturas maiores até às suas partículas mais ínfimas, aos seus ossinhos e parafusos.