João Nogueira da Costa - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
João Nogueira da Costa
João Nogueira da Costa
1K

João Manuel de Castro Soromenho Nogueira da Costa (Lourenço Marques, hoje Maputo – Moçambique, 1949), professor reformado de Português e Francês.

 
Textos publicados pelo autor
Diminutivos eruditos
Sufixos que vêm do latim

Uma lista de palavras que contêm elementos finais que remontam mais ou menos diretamente aos sufixos latinos para a formação de diminutivos.  Apontamento de João Nogueira da Costa, que o publicou na sua página de Facebook em 15 de março de 2019.

O nome das letras <i>g</i> e <i>j</i>
E o som de s em asneira

Qual é o nome da letra j? E como soa o s de asneira? O professor João Nogueira da Costa conta dois episódios ilustrativos de como o nome desta letra e o som correspondente se prestam a confusões. Apontamento do autor publicado na sua página de Facebook em 31 de agosto de 2018.

<i>Hipo-</i> («cavalo») vs. <i>hipo-</i> («inferior, sob»)
Dois elementos de origem grega que são homónimos

O termo hipotensão tem as mesmas duas sílabas iniciais de hipopótamo, mas esta e aquela palavra escondem dois elementos diferentes, um prefixo e um radical de origem grega que são homónimos no português contemporâneo. À volta de um episódio ocorrido numa escola em Portugal, o professor João Nogueira da Costa publicou em 11 de novembro de 2018, na sua página de Facebook, o apontamento adiante transcrito e dedicado a um contraste semântico e etimológico que convém conhecer desde cedo.

«Bafana, bafana»
Um plural banto entre memórias moçambicanas

O nome de uma equipa de futebol sul-africana traz à memória de João Nogueira da Costa o processo de formação do plural nas línguas bantas do sul de Moçambique e da África do Sul. Apontamento que o autor publicou na sua página de Facebook em 3 de janeiro de 2019.

Nomes que caranguejam
Às voltas com os palíndromos

A língua tem os seus próprios jogos, e expressões como «o céu sueco» ou «o galo ama o lago» divertem-nos, porque dão a possibilidade de também se lerem de trás para a frente. Trata-se dos palíndromos (do grego palíndromos, os, on «que corre em sentido inverso, que volta sobre seus passos», segundo o Dicionário Houaiss), de que o professor João Nogueira da Costa dá outros exemplos neste apontamento, onde igualmente se debruça sobre a relação deste tipo de sequências com a noção de «caranguejo». Texto originalmente publicado na página de Facebook do autor, em 15 de dezembro de 2019, e agora também aqui disponível.