Ana Salgado - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Ana Salgado
Ana Salgado
145

Lexicógrafa de profissão há 15 anos, doutoranda em Tradução e Terminologia pela Universidade de Aveiro/Universidade Nova de Lisboa, licenciada em Línguas e Literaturas Modernas, variante de Estudos Portugueses, ramo científico, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Coordenadora do novo Dicionário da Academia em colaboração com o Grupo de Processamento de Linguagem Natural da Universidade do Minho. Gestora do Pórtico da Língua Portuguesa. Formadora. Editora científica do Thesaurus de Ciências da Terra. Investigadora na Unidade de Investigação UFP em Energia, Ambiente e Saúde – FP-ENAS da Fundação Fernando Pessoa/Universidade Fernando Pessoa, no projeto Fixação e normalização da Terminologia no âmbito das Ciências da Terra: elaboração de tesauros e de glossários. Coordenadora do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa, sob a orientação científica de João Malaca Casteleiro e da última adaptação do Grande Dicionário Houaiss. Foi coordenadora científica do Departamento de Dicionários da Porto Editora. Membro da Comissão Instaladora do Museu da Língua Portuguesa. Sócia do Observatório da Língua Portuguesa. Membro correspondente da Academia das Ciências de Lisboa e do Instituto de Lexicologia e Lexicografia da Língua Portuguesa.

 
Textos publicados pela autora
Imagem de destaque do artigo
À volta de duas expressões populares portuguesas

A origem de duas expressões «cor de burro quando foge» e «a pensar morreu um burro», neste  texto autoria  da lexicógrafa Ana Salgado, transcrito, com a devida vénia do blogue Gerador, do dia 21 de agosto de 2019.

Imagem de destaque do artigo
7 pilares para uma boa e adequada ortografia
A lexicógrafa portuguessa Ana Salgado reúne, neste artigo de síntese*, um conjunto de propostas que visam o aperfeiçoamento do Acordo Ortográfico de 90, que se vêm juntar às que têm sido apresentadas por especialistas. As reflexões e as alterações que daí poderão advir terão, necessariamente, de ser feitas no âmbito de ação do Instituto Internacional da Língua Portuguesa (IILP), dado o cariz multilateral que enquadra a nova reforma da escrita do português
 
 *crónica  assinada pela autora no número de julho de 2019 da revista Gerador e também disponível na versão eletrónica desta publicação (rubrica Afiar a Língua, em 31 de julho de 2019).