Prontuário – Erros Corrigidos de Português - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Prontuário – Erros Corrigidos de Português
D´Silvas Filho
Texto Editores, 2006 2K

 

A 4.ª edição actualizada do Prontuário – Erros Corrigidos de Português, da autoria de D´Silvas Filho (consultor de há longa data do Ciberdúvidas), acaba de ser publicada pela Texto Editores (Portugal). Relativamente à sua 3.ª edição, a nova actualização deste prontuário apresenta diferenças substanciais.

Assim, a primeira parte – cujo título, Erros Corrigidos de Português, explica que o livro também assim se intitule – organiza alfabeticamente e lado a lado, à semelhança das edições anteriores, erros e formas correctas no plano das regras e convenções ortográficas, fonéticas e sintácticas; mas é de salientar que se inclui agora mais informação sobre erros de sintaxe e de impropriedade vocabular (por exemplo, «explosão registada em», quando se deveria dizer «explosão que se deu em»).

A segunda e terceira partes são dedicadas, respectivamente, aos estrangeirismos e às variantes brasileiras (neste caso, com especial atenção à ortografia e à aproximação que trará o Acordo de 1990, ainda por ratificar). Trata-se de secções que já existiam na anterior edição, mas que agora foram expandidas e actualizadas. Um conjunto de fichas ortográficas resume depois, na quarta parte, quer as normas do Acordo de 1945, ainda em vigor no território português, quer as alterações do Acordo de 1990. Uma das inegáveis vantagens deste capítulo é a de mostrar que as mudanças a introduzir pelo Acordo de 1990 são, como diz o autor (pág. 113), «[…] pouco numerosas (nomeadamente, nos acentos, que muito pouco mudam, contrariamente à ideia generalizada, mesmo entre pessoas de cultura literária)».

Os restantes capítulos da obra, quinta sexta e sétima partes, são, respectivamente: Fichas Gramaticais, com notas sobre a TLEBS, Estilística e Vocabulário de Dificuldades, com cerca de 30 000 termos.
Muito úteis são os dois anexos da obra. O primeiro expõe, de forma sucinta, os paradigmas de conjugação dos verbos mais frequentes. Respeitante à Terminologia Linguística para o Ensino Básico e Secundário (TLEBS), recentemente adoptada no ensino não superior em Portugal, o segundo anexo oferece a particularidade de concentrar a lista de termos inventariados na portaria n.º 1488/2004, enriquecendo-os com notas.

É, pois, uma obra que, reforçando os méritos das anteriores edições, apresenta uma grande abundância de informação aliada a preocupações com a observância de regras e convenções linguísticas, não ignorando a variação e o uso contextualizado das palavras. Daí a sua importância, sobretudo para quem procura a expressão justa e adequada.

 

José Mário Costa