Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Português na 1.ª pessoa Pelourinho Artigo
Um "Rònaldo" pegado de estaca

Nada a fazer: o modismo do "Rònaldo", com o o artificialmente aberto, pegou de estaca no audiovisual português.

Como voltou a ouvir-se na transmissão da SIC do Portugal-Dinamarca, sempre que os dois comentadores1 nomeavam o mais apaparicado futebolista português da atualidade, jogue ele o que jogar, muito, pouco ou nada. Ou esteja ele mais, menos ou pouco «chateado consigo próprio». Se quem fala assim achou ainda por cima a seleção portuguesa «solidária e altruísta» (só se tivesse entregado os pontos ao adversário…), nada há mesmo a fazer enquanto correrem estes dias de «desmedido desassossego futebolístico». E de pontapés na língua.

1 Os mesmos comentadores que, vá lá saber-se porquê, diziam sempre como sempre se disse o nome do defesa Rolando.

Sobre o autor

Jornalista português, cofundador (com João Carreira Bom) e responsável editorial do Ciberdúvidas da Língua Portuguesa. Autor do programa televisivo Cuidado com a Língua!, cuja primeira série se encontra recolhida em livro, em colaboração com a professora Maria Regina Rocha. Ver mais aqui.