Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Português na 1.ª pessoa Pelourinho Artigo
Mais bem ‘vs.’ melhor

Melhor ( comparativo de bom) e mais bem (comparativo de bem) continuam com as voltas trocadas…na televisão portuguesa. Dois (maus) exemplos recentes:

«Os próprios trabalhadores da PT são os primeiros a querer que a empresa progrida, seja melhor gerida (...).»

«Na luta pelo título [da Fórmula 1], Fernando Alonso está melhor classificado e, por agora, a situação parece correr a favor do piloto espanhol.»

Numa e noutra frases, errou-se no emprego do melhor – em vez do mais bem

Ou seja: «Os próprios trabalhadores da PT são os primeiros a querer que a empresa seja mais bem gerida» e «Fernando Alonso está mais bem classificado».

Repetindo o que no Ciberdúvidas temos há muito escrito: melhor significa mais bem: é o advérbio bem que se junta ao verbo para lhe modificar a significação.

Bem tem como grau de comparação melhor, mas quando modifica apenas o verbo em tempo simples: «Ele fala melhor»; «o trabalho ficou melhor assim»; «ele vai compreender melhor todo o problema».

Quando, porém, o advérbio bem antecede o particípio passado do verbo, o adjectivo verbal, o termo a utilizar é mais bem: «Ele está mais bem informado»; «isto está mais bem feito».

MELHOR

MAIS BEM

Ele trabalha melhor de manhã cedo.

Ela fica melhor de saia travada.

De pé, fala-se melhor.

Agora compreendo melhor este assunto.

 

O trabalho ficou mais bem feito.

Estás mais bem informado do que nós.

Este artigo está mais bem escrito do que o da semana passada.

Gosto do bife mais bem passado.

Sobre a autora