A covid-19 na língua - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
 
Início A covid-19 na língua O
A covid-19 na língua (O)
Letra O

A deflagração, à escala planetária, da pandemia mais assustadora dos últimos dois séculos, trouxe o desenvolvimento de um campo lexical, até aqui inexistente. Durante várias semanas, deixámos registadas em outras tantas Aberturas do Ciberdúvidas (aquiaquiaquiaqui aqui) termos, palavras e expressões pouco conhecidas do comum dos falantes em língua portuguesa – algumas das quais usadas apenas em contextos de ficção científica ou num plano de análise teórica. Mas, também, alguns casos, como a controvérsia sobre a obrigatoriedade ou não da máscara para proteção individual por pessoas sem sintomas (assintomáticas).  A lista completa com a respetiva significação e contexto médico, mas também do ponto vista social, económico, político e tecnológico: aqui.

Entretanto, veja-se a seguir a letra O.

A covid-19 na língua (O)
ob—on

Obesidade; óbitos; obrigado; obrigatoriedade; ocitocina; ocupação do tempo; Odemira; oito meses; olfato e paladar; olhos; «o mundo está a falhar»; OMS; onda; ou ONU.

A covid-19 na língua (O)
op—oz

Operação Seguro II; «o pior ainda está por vir»; «o primeiro dia do resto da pandemia»; «o que aí vem»; «o túnel ainda é muito comprido»; Our World In Data; oxigénio; «oxigénio suplementar»; oxímetro; ou ozono.