«Trinta por uma linha» - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
«Trinta por uma linha»

Apesar de conhecer o sentido da expressão «trinta por uma linha», gostaria que me fosse explicada (se possível) a origem da mesma!

Herlander Reis Portugal 9K

Não conheço nenhuma obra que refira a origem desta expressão. Assim, vou interpretá-la de acordo com os seus constituintes.

«Trinta por uma linha» significa «coisas várias», «coisas sem conta», «coisas disparatadas», «grande trapalhada», «enorme confusão». A expressão «fazer trinta por uma linha» aplica-se a quem faz muitas coisas, todas de seguida, sem parar, normalmente de cariz problemático ou negativo.

Esta expressão é composta de «trinta» e «por uma linha». «Por uma linha» significa «a fio», «a eito», «a seguir» (como se estivesse a seguir uma linha, sem dela se afastar).  «Trinta» é um número não só associado a realizações humanas de alguma dimensão, de que é exemplo a expressão «estar com trinta sentidos» (que significa «estar muito atento»), como aos trinta dinheiros que Judas terá recebido por ter entregado Jesus aos seus inimigos.

Assim, «trinta por uma linha» significaria «trinta coisas de seguida, a eito, sem parar» («trinta» = «muitas»), o que, naturalmente, sugere ou se transforma em «grande trapalhada», «enorme confusão».

Maria Regina Rocha
Áreas Linguísticas: Discurso/Texto; Léxico