Prefixo re- - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Prefixo re-

Quanta dúvida ainda com a Reforma!

Afinal, re é ou não considerado prefixo? Se o é, vai entrar na nova regra do hífen: «termina com vogal diante de palavra com vogal igual, então se separa»?

Fica "re-escrever", "re-enviar"?

Gerusa Martins Professora Peruíbe, São Paulo, Brasil 3K

A sequência re- pode ser um prefixo. Então, aparece normalmente aglutinado ao elemento seguinte. Assim, tem sido e será no novo acordo: reelegível, reembolsar, reencarcerar, etc. Logo, no novo acordo será: reenviar.

Como nem sempre foram muito claros nas suas indicações, os legisladores do acordo de 1990 obrigam-nos a ler todo o texto para compreender bem o espírito das normas.

A regra b) do 1.º da Base XVI a que faz referência é completada com o texto introdutório do 1.º, que indica quais os prefixos e falsos prefixos considerados. Ora, não está mencionado o prefixo re- na lista.

A regra é, por exemplo, aplicada a micro-onda (podia, antes de 1990, ser microonda, conforme se observa em dicionários portugueses e no Aurélio de 1994).

Termos para Portugal: sem alteração.

Para o Brasil: sequência.

Ao seu dispor,

D´Silvas Filho
Tema: Uso e norma