Os subtipos de sujeito nulo - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Os subtipos de sujeito nulo

[A minha dúvida] diz respeito às subclasses do sujeito nulo.

O pronome pessoal ele(a), quando ausente, representa um sujeito nulo indeterminado, ou nulo subentendido?

E quando o verbo é defetivo unipessoal (ex.: «Miou a noite toda»), de que tipo de sujeito se trata?

Miguel Moreira Estudante Porto, Portugal 30K

Quando um pronome pessoal nominativo (eu/tu/ele/ela/nós/vocês/eles/elas) está ausente numa frase, estamos perante um sujeito nulo subentendido, uma vez que podemos interpretá-lo através das desinências verbais: «Vou ao cinema» (eu); «Vais ao cinema?» (tu); «Vamos ao cinema» (nós).

Em relação aos verbos defetivos unipessoais, o sujeito é também nulo subentendido:

«Miou toda a noite» (o gato); «Não pararam de mugir» (as vacas); «Ladraram sem parar» (os cães).

Eis os diferentes tipos de sujeito:

Sujeito simples e sujeito composto

1) «A Joana vai ao teatro hoje.»

2) «A Joana e a amiga vão ao teatro hoje.»

Sujeito nulo

Sujeito nulo subentendido

3) «Vamos ao cinema hoje» (nós).

Sujeito nulo indeterminado

4) «Dizem que já não temos esse feriado» (as pessoas em geral).

Sujeito nulo expletivo (sujeito inexistente)

5) «Choveu toda a noite.»

6) «Há poucos livros nesta biblioteca.»

Disponha sempre!

Sandra Duarte Tavares