O valor das formas de tratamento em «coloque» e «coloca» - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
O valor das formas de tratamento
em «coloque» e «coloca»

Meu pai vive discutindo comigo quando pronuncio coloca ao invés de dizer coloque, como, por exemplo, em «Pai, coloca lá pra mim», mas ele diz que é falta de respeito falar assim. Para ele, o correto é dizer «Pai, coloque lá pra mim».

Gostaria de saber qual é o certo.

Sandra de Oliveira Autônoma Cosmópolis, Brasil 5K

Quando diz «Pai, coloca lá pra mim», está a usar a forma de tratamento de 2.ª pessoa — tu — para com o seu pai, forma esta que, segundo os gramáticos Cunha e Cintra, «tende a ultrapassar os limites da intimidade propriamente dita, em consonância com uma intenção igualitária ou, simplesmente, aproximativa» (Nova Gramática do Português Contemporâneo, Lisboa, Sá da Costa, 2001, p. 293).

Por sua vez, o emprego de coloque — «Pai, coloque lá pra mim» — evidencia a preferência pela forma de tratamento de senhor, «forma de respeito e de cortesia e, como tal, se opõe a tu» (idem, p. 294).

Eunice Marta
Tema: Formas de tratamento Classe de Palavras: pronome
Áreas Linguísticas: Discurso/Texto; Morfologia Flexional