Maiúsculas e minúsculas em épocas históricas, movimentos culturais e estilos artísticos - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Maiúsculas e minúsculas em épocas históricas, movimentos culturais e estilos artísticos

Pese embora os muitos esclarecimentos já prestados pelo Ciberdúvidas a propósitco do uso de maiúsculas, persisto com dúvidas no que respeita à aplicação delas para épocas históricas, movimentos culturais e estilos artísticos. Assim, a propósito do universo greco-romano antigo ou clássico, as palavras "antiguidade clássica", "cultura antiga" e "neoclassicismo" devem ou não ser iniciadas com maiúscula?

Muito agradeço a V. informação!

Maria da Conceição Santos Desempregada Amadora, Portugal 7K

Em Portugal, quer a anterior norma ortográfica (a do Acordo Ortográfico de 1945) quer a que começa a ser aplicada (a do Acordo Ortográfico de 1990) são omissas quanto aos casos em referência. Em contrapartida, no Brasil, o Formulário Ortográfico de 1943 era bastante específico a respeito dos nomes de épocas históricas (Base XVI, parágrafo 49, 3.º):

«[Emprega-se letra inicial maiúscula] Nos nomes próprios de eras históricas e épocas notáveis: Hégira, Idade Média, Quinhentos (século XVI); Seiscentos (o século XVII), etc.»
Dicionários recentes (Houaiss e o da Academia das Ciências de Lisboa) também aplicam a maiúscula inicial neste caso. Contudo, quando se trata de movimentos culturais e estilos, usam a minúscula inicial, tal como acontece com doutrinas e movimentos políticos (o surrealismo, o liberalismo).

Sendo assim, recomenda-se a maiúscula inicial na palavra ou nas palavras que constituem as designações de épocas históricas. Em referência a movimentos artísticos e culturais, não é obrigatória a inicial maiúscula, muito embora se note certa variação, não havendo nos instrumentos normativos relevantes indicações precisas sobre o procedimento a adotar.

Carlos Rocha