«Guia áudio», guia-áudio e audioguia - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
«Guia áudio», guia-áudio e audioguia

Devemos usar "audioguia" ou "guia-áudio" (com ou sem hífen?), quando no referimos ao aparelho electrónico áudio que no faz uma visita guiada, por exemplo, numa exposição?
Obrigada.

Paula Zhau Técnica Administrativa Macau, Macau 5K

As duas formas estão correctas:

audioguia

Assim como se escreve audiocasseteaudiofrequência (cf. a Mordebe), é possível formar audioguia, porque o elemento de origem latina audio se liga a um substantivo sem hífen.

 

guia áudio ou guia-áudio

A palavra áudio é, além de substantivo, um adjectivo. Por conseguinte, pode fazer parte de uma expressão nominal que não exige hífen, da mesma maneira que não apomos um hífen à expressão «mar azul». No entanto, se os falantes considerarem a expressão em causa como uma designação distinta de um «guia (que é) áudio», isto é, se acharem que se trata de um composto que funciona como uma unidade lexical, então, é aconselhável o hífen. Observe-se, porém, que os critérios da hifenização com composto de substantivo e adjectivo não são claros: por um lado, temos feijão-verde, com hífen; por outro, caixa negra (de um avião), sem ele.

Carlos Rocha