Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Guarda-chuva, de novo

Qual é a justificação para o plural de guarda-chuva ser guarda-chuvas? A argumentação que usaram para justificar «sociais-democratas» e «couves-flores» não se aplica neste caso?
Obrigada

Alda Rocha Portugal 11K

Para o plural desta palavra, não nos podemos regular por "sociais-democratas" nem por "couves-flores", porque a primeira é formada por "adjectivo+substantivo", e a segunda, por "substantivo+substantivo", ao passo que guarda-chuva é formada por "verbo+substantivo". O plural da forma verbal guarda não é "guardas", por isso só vai para o plural o segundo elemento. Outros exemplos de plural de substantivos com formação idêntica: beija-flores, guarda-sois, arrebenta-pedras, cata-ventos, finca-pés, porta-bandeiras.

José Neves Henriques
Classe de Palavras: substantivo