Espoletar/despoletar - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Espoletar/despoletar

Na noite do dia 8 de Abril, num programa informativo da portuguesa TVI, ouvi o Director dos Serviços Prisionais e o jornalista usarem o verbo despoletar umas cinco ou seis vezes, sempre com o sentido de "desencadear/ originar". Lembrei-me então das várias respostas/críticas em linha no Ciberdúvidas acerca do uso e significado deste verbo e decidi enviar-vos este comentário.

Numa das suas muitas respostas em linha, o Prof. JNH afirma, e muito bem, que "a linguagem não é só para ser compreendida, é também para ser sentida.". Surgem então as seguintes questões: porque é que tanta gente "sente" que despoletar significa desencadear, originar, iniciar, activar, etc.? Porque é que ninguém usa, com esse sentido, a palavra espoletar, a qual, aparentemente, seria a mais indicada?

Esta última questão leva-nos para uma outra: se "pôr espoleta em" é espoletar, "tirar espoleta de" não deveria ser desespoletar? Se des + espartilhar deu desespartilhar, se des + esperança deu desesperança, se des + esperar deu desesperar, se des + estagnar deu desestagnar, se des + estorvar deu desestorvar, etc., etc., porque é que des + espoletar não dá desespoletar? Será que despoletar é, realmente, sinónimo de desespoletar?

Procurei em vários dicionários (edições recentes e antigas, tanto portuguesas como brasileiras) e nenhuma destas palavras (despoletar e desespoletar) está dicionarizada. Isto quer dizer que a palavra despoletar ainda não tem uma significação "oficial", isto é, aceite pelos dicionaristas. Porquê, então, insistir em atribuir-lhe um significado que é oposto ao que os lusófonos "sentem" que ela tem?

Peço desculpa por estar a "meter a foice" numa seara que, claramente, não é a minha.

Augusto Tomé Aveiro, Portugal 22K

a) Ambas estas palavras estão registadas no «Dicionário da Língua Portuguesa» da Porto Editora. Espoletar é "pôr a espoleta em" e despoletar é "tirar a espoleta a".

b) As pessoas não «sentem» que despoletar significa desencadear, originar, incitar, activar, instaurar, accionar, desencadear, detonar, deflagrar, rebentar, etc., etc.

Neste caso, não se trata de «sentir» mas de entenderem, isto é, de julgarem que despoletar tem esses significados mencionados. É uma questão de ignorância, de desconhecimento da Língua Portuguesa e de não se lembrarem de consultar o dicionário.

c) As pessoas não usam espoletar, porque não conhecem este verbo; e compreende-se, porque pertence à linguagem militar. Por isso, também não conhecem despoletar. Mas para quê despoletar, se temos outras palavras?

d) Sim, logicamente dir-se-ia desespoletar, tal como temos desesperar (de des-+esperar), desestabilizar (de des-+estabilizar), desestimar (de des-+estimar), etc. Mas a forma despoletar pode-se explicar da seguinte maneira:

Em Portugal, geralmente, não se pronuncia espoletar assim: es-po-le-tar; geralmente o e é mudo, não se ouve. Por isso ouvimos /chpo-le-tar/. Daqui, logicamente, se formou despoletar.

e) Concluindo: podemos afirmar que despoletar e desespoletar não são sinónimos, mas sim a mesma palavra com duas grafias.

f) O verbo despoletar tem significação «oficial», ou melhor, significações, que são as que lemos no dicionário acima mencionado, e não aquelas com que erradissimamente se emprega.

José Neves Henriques