Equestre e equina - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Equestre e equina

Equestre é uma estátua de alguém a montar um cavalo, e equina é apenas a estátua de um cavalo. Gostaria de saber o significado dos sufixos e de que forma alteram o referente.

André Pinto Estudante Porto, Portugal 5K

Ambos os sufixos se associam a substantivos para formar adjetivos. O sufixo -ino sugere o que é próprio do referente do substantivo a que se associa: «pele equina» = «pele de cavalo». Com o sufixo -estre, o significado é muito próximo de -ino e em certos casos não se nota diferença assinalável: uma «paisagem alpina» pode ser uma «paisagem alpestre», embora no primeiro caso se saliente mais a ligação aos Alpes. No caso de equestre, o sufixo permitiu a especialização do adjetivo, que se refere sobretudo à relação com a cavalaria, em lugar de remeter diretamente para os cavalos. Daí «estátua equestre», e não «equina», porque a expressão se aplica à representação de um cavaleiro e da sua montada.

Carlos Rocha