A origem e o significado dos estrangeirismos dandy, nuance, farniente, poseur - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
A origem e o significado dos estrangeirismos dandy, nuance, farniente, poseur

Qual a origem e o significado dos seguintes estrangeirismos: dandy, nuance, farniente, poseur, deck?

Augusto Barbosa Trabalhador-estudante Guarda, Portugal 7K

1. Dandy

O Dicionário Houaiss já propõe o aportuguesamento dândi. Tem origem obscura, mas julga-se que a palavra terá aparecido na fronteira entre a Inglaterra e a Escócia, referindo os jovens que se vestiam de modo excêntrico (ver também Online Etymology Dictionary); foi mais tarde adoptado em Londres (1813-1819), para designar «homens elegantes». O termo passou ao francês (1813-14) e daqui para o português.

2. Nuance

O Dicionário Houaiss regista o aportuguesamento nuança: «nuance (fim do s[éculo] XIV) "matiz, mescla, mistura, grau cambiante de uma mesma cor", de nue "nuvem" e esta, do lat nubes,is "nuvem".» (ibidem)

3. Far niente

Simplificação do italiano «dolce far niente», «doce ociosidade» (Dicionário Prático da Língua Portuguesa Melhoramentos). «Far niente» significa literalmente «fazer nada» e pode ser usado como expressão sinónima de ócio e preguiça. Alguns dicionários portugueses apresentam a forma aglutinada "farniente" (cf. Dicionário da Língua Portuguesa, da Porto Editora), mas deve preferir-se a sequência de duas palavras — far niente

4. Poseur

Dicionário Houaiss: «fr. poseur (1642) "que ou o que executa ou dirige o trabalho de assentamento de certos objetos ou colocação de certos objetos", (1842) "pretensioso", der. do v. fr. poser "colocar, assentar, estudar as atitudes etc." do v[erbo] lat. pausare "cessar, parar; repousar".»

5. Deck

O Dicionário Houaiss acolhe o aportuguesamento deque. A palavra tem a seguinte origem: «ing. deck (s[éculo] XV) "id.", dom. ing. dekke "material para cobertura" < hol[andês] ant[igo] dec "cobertura, teto".» (ibidem)

Carlos Rocha