A interjeição hum - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
A interjeição hum

A expressão oral "hum hum" é um bordão da linguagem, uma bengala, ou pode também simplesmente ser um vício linguístico, ou ainda um instrumento que ao ser usado por professores, interlocutores, assistentes de “call center”, psicólogos, psiquiatras, psicanalista, médicos, etc. se poderá chamar de escuta activa? Ou, se nenhuma destas definições se lhe aplica, então como faz a gramática? Obrigada.

Joana Aranha Portugal 12K

O fenómeno em causa insere-se no estudo da interacção verbal oral espontânea na qual os factores situacionais, contextuais, gestuais e prosódicos têm um papel preponderante. Encontramo-nos, então, na área da análise conversacional. Neste âmbito, o material dado para análise é obtido por gravação e alvo de transcrição.
Hum vale como uma marcação de assentimento.
As ocorrências de hum,eh, ou de alongamento de um segmento fonético não implicam a deterioração da relação som-sentido e acusam o esforço de planificação discursiva a ocorrer em simultâneo com a produção material do discurso.

Algumas convenções usadas nas transcrições e respectivos fenómenos

Pausa sintáctica breve:
,
Pausa sintáctica longa:
.
Hesitações e pausas preenchidas:
eh

Outras pausas, interrupções e reformulações:
...

Acordos:
hum

Sequências intercaladas:
—α —

Citações:
“α”

Identificação dos locutores:
L1, L2, L3

Enunciados simultâneos:
α x

Sequências incompreensíveis:
(...)

Cortes, interrupções na gravação e interrupções
na transcrição:
[...]

Ana Martins