Fernando dos Santos Neves - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Fernando dos Santos Neves
Fernando dos Santos Neves
2K

Fernando dos Santos Neves (Foz do Sousa, 1932), antigo padre, Doutor em Filosofia e em Ciências Sociais Aplicadas na especialidade de Pensamento contemporâneo. Foi professor na área das Ciências Políticas na Universidade de Paris, na Universidade Nova de Lisboa, e na Universidade Lusófona de Lisboa, de que foi reitor desde a sua fundação até 2013. Publicou diversas obras no âmbito dos Estudos Teológicos, dos Estudos Africanos, dos Estudos Lusófonos, dos Movimentos de Libertação e do Ecumenismo Universal. Foi criador, ainda, de diversas revistas, nomeadamente a Editorial Colóquios (Luanda, 1968) e as Edições Universitárias Lusófonas (Lisboa, 1992). Alguma das sua obras publicadas aqui.

 
Textos publicados pelo autor

Não se trata, da minha parte, de renegar a “tese” que, há muito tempo, em muitos lugares e de muitos modos, tenho proposto e procurado demonstrar, a saber, de que, «Mais que projeto ou questão cultural e até linguístico-literária, a lusofonia é um primordial projeto ou questão de comum espaço geostratégico e económico-político próprio no globalizado mundo contemporâneo, em que a CPLP ou Comunidade Lusófona...


«Muito mais do que questão técnico-linguística, o Acordo Ortográfico é uma questão político-estratégica», sustenta o reitor da... 

Texto lido no I Congresso Internacional da Lusofonia (Sociedade de Geografia de Lisboa, 8-9-10 de Fevereiro 2007) e agora aqui resumido por ocasião do Encontro Internacional sobre Língua Portuguesa e Culturas Lusófonas num Universo Globalizado (Lisboa, 25-26 de Outubro 2010).
 

Na linha da minha Carta Aberta ao secretário-executivo da CPLP, a propósito da Cimeira de Luanda de 23 de Julho de 2010 (publicada no jornal Grande Porto de 30 de Julho e 27 de Agosto de 2010) e remetendo nomeadamente para o opúsculo Para...

Queria, antes de mais, fazer a chamada «declaração de interesses», já que terei sido eu o principal responsável pelo surgimento da própria palavra lusofonia nos dicionários da Língua Portuguesa e, para além das minhas responsabilidades no quadro das Universidades Lusófonas (cuja designação não fora muito bem vista, porque «até soava mal», mas que, entretanto, se impuseram como o maior e mais considerado grupo de ensino superior privado português e foram...