Ai a legenda!... - Pelourinho - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Português na 1.ª pessoa Pelourinho Artigo
Ai a legenda!...
Ai a legenda!...

Numa só legenda não um, nem dois, nem três, mas… quatro erros,  quatro, é obra!...

1. Olhá –  O pretendido efeito visual resultante da aglutinação do verbo ao artigo a (“olha a festa”), tratando-se de um erro de escrita, obrigava sinalizá-lo entre plicas, por exemplo: ‘Olhá’.

2. Bôlas  Desde a reforma ortográfica de 1945 que bola (seja no sentido «esférico de borracha» ou de folar)  não leva acento circunflexo sobre o o – tanto no plural como no singular.*

3. Folar – A frase  impunha o plural, uma vez que não se está a aludir a um folar individual, mas  a vários folares.

4.  Cosidos – No sentido em causa, de «cozinhar», escreve-se com z: cozidos. Com s, só se fosse na aceção de «costurar».

Portanto: «’Olhá’ festa em Seixo da Beira – Bolas e folares são cozidos na feira».

 

* Sobre  a abolição dos chamados acentos desambiguadores, já consagrada pelo Acordo de 1945, em Portugal, e pela Lei nº 5765, de 18 de dezembro de 1971, no Brasil – em casos semelhantes ao de bola, como, por exemplo, acerto (ê) / (é), acordo (ô) / (ó), (substantivos/ formas verbais); cor (ô) / (ó) (substantivo / elemento da locução "de cor"); sede (ê) e sede (é); molho (ô) / molho (ó), ambos substantivos –, leia-se o texto Supressão dos acentos nas palavras homógrafas: pelo, para, molho, sede, cor, de Lúcia Vaz Pedro, no Jornal de Notícias de 4/10/2015 + «Greve para os transportes»

Sobre a autora

Licenciada em Estudos Portugueses e Lusófonos pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e mestre em Língua e Cultura Portuguesa – PLE/PL2.