10 grandes equívocos da língua portuguesa - O nosso idioma - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Português na 1.ª pessoa O nosso idioma Artigo
10 grandes equívocos da língua portuguesa

 

Equívoco 1 Quando está um dia de sol, dizemos que está um dia "solarengo".
Verdade Quando está um dia de sol, dizemos que está um dia soalheiro.

Equívoco 2 Cada um dos caracteres tipográficos designa-se "caracter".
Verdade Cada um dos caracteres tipográficos designa-se carácter.

Equívoco 3 A palavra "açoreano" escreve-se com E, porque deriva de Açores.
Verdade A palavra açoriano escreve-se com I, porque à base açor se associou o sufixo -iano.

Equívoco 4 A presença de álcool no sangue designa-se "alcoolémia".
Verdade A presença de álcool no sangue designa-se alcoolemia.

Equívoco 5 Uma assinatura abreviada designa-se "rúbrica".
Verdade Uma assinatura abreviada designa-se rubrica.

 

Equívoco 6 Quando estamos perante uma grande confusão, dizemos «Que grande "salganhada"!»
Verdade Quando estamos perante uma grande confusão, dizemos «Que grande salgalhada

Equívoco 7 O plural de DVD é "DVD’s".
Verdade O plural de DVD é DVD. As siglas não têm plural.

Equívoco 8 Os meios de comunicação social designam-se os "m[i]dia".
Verdade Os meios de comunicação social designam-se os m[e]dia. Trata-se de uma palavra latina.

Equívoco 9 A palavra cessão designa o acto de cessar, acabar.
Verdade A palavra cessão designa o acto de ceder. O acto de cessar designa-se  cessação.

Equívoco 10 A uma pessoa indesejável (numa família, por exemplo) designamos «ovelha "ranhosa"».
Verdade A uma pessoa indesejável (numa família, por exemplo) designamos «ovelha ronhosa». O nome ronha deu origem ao adjectivo ronhoso, cujo sentido literal é: «que tem ronha». Este sentido literal, por sua vez, deu origem ao sentido figurado «pessoa indesejável».

Sobre a autora

É mestre em Linguística Portuguesa pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. É professora no Instituto Superior de Comunicação Empresarial. É formadora do Centro de Formação da RTP e colaboradora de duas rubricas de Língua Portuguesa: Agora, o Português (RTP 1) e Jogo da Língua (Antena 1). É autora dos livros Falar bem, Escrever melhor e 500 Erros mais Comuns da Língua Portuguesa e coautora dos livros Gramática Descomplicada, Pares Difíceis da Língua Portuguesa, Pontapés na Gramática, Assim é que é Falar!SOS da Língua PortuguesaQuem Tem Medo da Língua Portuguesa? Mais Pares Difíceis da Língua Portuguesa e de um manual escolar de Português: Ás das Letras 5. Mais informação aqui.