Galiza fomenta uso do português - Ciberdúvidas da Língua Portuguesa
Este é um serviço gracioso e sem fins comerciais, de esclarecimento, informação e debate sobre a língua portuguesa, o idioma oficial de Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Sem outros apoios senão a generosidade dos seus consulentes, ajude-nos a dar-lhe continuidade: Pela viabilização do Ciberdúvidas. Os nossos agradecimentos antecipados.
Início Aberturas Abertura
Galiza fomenta uso do português
Galiza fomenta uso do português
Por Ciberdúvidas da Língua Portuguesa 782

O parlamento galego aprovou por unanimidade, em 11/03/2014, a iniciativa legislativa popular Valentín Paz-Andrade, a qual visa reforçar os laços culturais e linguísticos da Galiza com Portugal, mediante uma maior implantação do português no sistema de ensino galego e a facilitação do acesso à rádio e televisão lusas. Aqui fica um breve registo da Televisão da Galiza sobre este acontecimento.

E, ainda a propósito do aprofundamento das relações da Galiza com o mundo de língua portuguesa, cabe assinalar a apresentação em Lisboa, em Braga e no Porto do romance O Crânio de Castelao, resultado da colaboração de autores galegos com escritores de Portugal, Cabo Verde e Timor-Leste. Sobre o lançamento desta obra, leia-se uma crónica da jornalista galega Montse Dopico, em linha no blogue Magazine Cultural Galego.  

 Nesta atualização:

– os tópicos tratados no consultório relacionam-se com as áreas da regência verbal, da ortoépia (isto é, da pronúncia-padrão), da ortografia, da semântica e do discurso;

– em O Nosso Idioma, Ana Sousa Martins dá boas razões para os nostálgicos não temerem os livros eletrónicos;

– e, na Antologia, o poeta brasileiro Gilberto Mendonça Teles (na foto) passa a figurar entre outros autores, com Língua, um poema só desconcertante no primeiro verso: «Esta língua é como um elástico».

 Para quem ensina ou aprende português (língua materna e não materna), a Ciberescola da Língua Portuguesa e os Cibercursos dão acesso a um conjunto variado de materiais de apoio, a par de promoverem cursos individuais para falantes estrangeiros (Portuguese as a Foreign Language). Mais pormenores no Facebook e na rubrica Ensino.

 Ajude a viabilizar este espaço inteiramente consagrado à língua portuguesa na sua unidade e diversidade. Desde já, os nossos agradecimentos aos consulentes que entendam enviar os seus contributos.